ACCEPT_KEYWORDS

From Gentoo Wiki
Jump to: navigation, search
This page is a translated version of the page ACCEPT KEYWORDS and the translation is 100% complete.

Other languages:
Deutsch • ‎English • ‎Nederlands • ‎Türkçe • ‎español • ‎français • ‎italiano • ‎português • ‎português do Brasil • ‎čeština • ‎русский • ‎中文 • ‎中文(中国大陆)‎ • ‎日本語 • ‎한국어

A variável ACCEPT_KEYWORDS informa o gerenciador de pacotes quais valores KEYWORDS é permitido um ebuild aceitar.

Onde é definido esta variável?

A variável é normalmente definida através do perfil no Gentoo, mas pode ser denegado no arquivo /etc/portage/make.conf do usuário, para cada pacote no arquivo ou pasta /etc/portage/package.accept_keywords, ou mesmo na linha de comando.

Important
Geralmente é considerado uma má ideia para substituir a variável ACCEPT_KEYWORDS na linha de comando, uma vez que não é persistente e pode resultar em comportamento não desejado do gerenciador de pacotes.

Palavras-chave estável e instável

O valor padrão da variável ACCEPT_KEYWORDS na maioria dos perfis é a arquitetura, por exemplo, amd64 ou arm. Nestes casos, o gerenciador de pacotes só aceitará ebuilds cuja variável KEYWORDS contenham essa arquitetura. Se o usuário quiser instalar e operar ebuilds que não são considerados adequados para um ambiente de produção, é possível adicionar a mesma arquitetura, mas acrescentando o prefixo ~, como este:

FILE /etc/portage/make.conf
ACCEPT_KEYWORDS="~amd64"

Não especifique a palavra-chave estável (amd64) quando a palavra-chave para "testing" (~amd64) é adicionado porque ACCEPT_KEYWORDS é uma variável incremental.

Se a configuração não deve ser feita em todo o sistema, então ela pode ser definida por-pacote no arquivo ou diretório package.accept_keywords:

FILE /etc/portage/package.accept_keywords
# jogos
games-fps/doomsday ~amd64

Além dos valores normais de ACCEPT_KEYWORDS package.accept_keywords suporta três símbolos especiais [1]:

  • * — Pacote é visível se for estável em qualquer arquitetura.
  • ~* — Pacote é visível se está em teste em qualquer arquitetura.
  • ** — Pacote é sempre visível (KEYWORDS são ignoradas completamente).

A última opção é útil para versões de pacotes vivas(que são svn / git / mercurial ... versões dos pacotes, apoiados através do que é chamado de um ebuild vivo e que não têm um variável KEYWORDS</var).

Ver também

Referências

  1. Gentoo Portage, Manual page for Portage. Página visitada em 30 de janeiro de 2015.