GRUB2 Começo Rápido

From Gentoo Wiki
Jump to:navigation Jump to:search
This page is a translated version of the page GRUB2 Quick Start and the translation is 38% complete.
Outdated translations are marked like this.
Other languages:

Este artigo fornece informações sobre como começar a trabalhar com o GRUB2 nas configurações mais simples. Para uma informação mais abrangente, veja GRUB2. Para migração do GRUB Legacy para o GRUB2, veja GRUB2 Migration.

Para instalar o GRUB2, primeiro defina a variável GRUB_PLATFORMS com um ou mais valores apropriados no make.conf do sistema. Se não estiver definida, o GRUB2 vai adivinhar qual plataforma usar no sistema. Ele supõem pc (que é o estilo MBR de instalação) para a arquitetura x86/amd64.

Standard PC (BIOS) support:

FILE /etc/portage/make.confGRUB_PLATFORMS exemplo
# Padrão PC (BIOS)
GRUB_PLATFORMS="pc"
 
# UEFI em amd64
GRUB_PLATFORMS="efi-64"
 
# Ambos UEFI e PC
GRUB_PLATFORMS="efi-64 pc"

UEFI on amd64:

FILE /etc/portage/make.conf64-bit UEFI GRUB_PLATFORMS example
GRUB_PLATFORMS="efi-64"

Both standard PC (BIOS) and UEFI support:

FILE /etc/portage/make.confMultiple GRUB_PLATFORMS example
GRUB_PLATFORMS="efi-64 pc"

Após definir a variável, instale o software:

root #emerge --ask sys-boot/grub:2

Ativando o gerenciador de boot do GRUB2

Monte a partição /boot se for o caso:

root #mount /boot

Ao usar uma plataforma EFI, certifique-se de que EFI System Partition está disponível (montada) em /boot/efi. Isto pode ser através de um determinado ponto de montagem (em /boot/efi) ou por ter uma partição inteira formatada com o sistema de arquivos FAT. Isto irá efetivamente processar /boot em uma grande partição de sistemas EFI.

Presumindo que apenas a partição /boot/efi é FAT:

root #mount /boot/efi

Rode o utilitário grub2-install para copiar arquivos relevantes para /boot/grub. Na plataforma PC, isto também instala uma imagem de boot no Master Boot Record (MBR) ou em um setor da partição de boot.

Para instalar o GRUB2 no MBR:

root #grub2-install /dev/sda
Installation finished. No error reported.

Para instalar o GRUB2 em um sistema capaz de suportar EFI:

root #grub2-install --target=x86_64-efi
Installation finished. No error reported.

O comando grub2-install aceita a opção --target para especificar para qual CPU/Plataforma instalar. Se não for especificada, grub2-install fará uma suposição: na arquitetura x86/amd64 ele usará o valor padrão i386-pc.

Configuração automática

GRUB2 é tradicionalmente configurado usando o programa grub2-mkconfig para gerar um arquivo de configuração.

grub2-mkconfig gera o arquivo de configuração com base em seções do modelo localizados em /etc/grub.d. Os modelos padrão deve cobrir as configurações de boot mais comuns.

user $ls /etc/grub.d
00_header  10_linux  20_linux_xen  30_os-prober  40_custom  41_custom  README

O comportamento destes modelos pode ser controlado definindo variáveis no /etc/default/grub. Veja o manual do GRUB para maiores informações.

Esquema de nomeação do Kernel

Para que o grub2-mkconfig detecte o(s) kernel Linux disponível(is), seu(s) nome(s) deve(em) começar com vmlinuz- ou kernel-.

Por exemplo:

CODE Exemplo de nomes que o GRUB2 pode detectar
 /boot/vmlinuz-3.4.3
 /boot/kernel-2.6.39-gentoo
 /boot/kernel-genkernel-x86_64-3.17.1-gentoo-r1

Ao usar um initramfs, seu nome deve começar com initramfs- ou initrd- e terminar com .img. A versão deve corresponder a uma das imagens do kernel. Nomes de arquivos gerados pelo genkernel também irão funcionar.

Por exemplo:

CODE Exemplos de nomes de initramfs que o GRUB2 pode detectar
 /boot/initrd.img-3.4.3
 /boot/initrd-3.4.3.img
 /boot/initrd-3.4.3.gz
 /boot/initrd-3.4.3
 /boot/initramfs-3.4.3.img
 /boot/initramfs-genkernel-3.4.3-gentoo
 /boot/initramfs-genkernel-x86_64-2.6.39-gentoo

Para gerar o arquivo grub.cfg, execute o comando grub2-mkconfig da seguinte forma:

root #grub2-mkconfig -o /boot/grub/grub.cfg
Generating grub.cfg ...
Found linux image: /boot/vmlinuz-3.2.9
done

Descompressão silenciosa do kernel

Para silenciar a descompressão do kernel em tempo de boot, edite o /etc/default/grub e adicione quiet à variável GRUB_CMDLINE_LINUX_DEFAULT.

FILE /etc/default/grubExemplo de descompressão silenciosa
GRUB_CMDLINE_LINUX_DEFAULT="quiet"

Systemd

Para inicializar o systemd ao usar o GRUB2 faça com que a variável GRUB_CMDLINE_LINUX se pareça com isto:

Important
This is no longer necessary with sys-apps/systemd when the sysv-utils USE is enabled. This defaults to on with at least version 239 in Gentoo
FILE /etc/default/grubSystemd exemplo
GRUB_CMDLINE_LINUX="init=/usr/lib/systemd/systemd"

Carregando outro sistema operacional

grub2-mkconfig também pode gerar configurações para carregar "outro" sistema operacional. Isto requer o pacote sys-boot/os-prober.

Para carregar o Windows, o pacote sys-fs/ntfs3g também precisa ser instalado. Ele permite que o utilitário grub2-mkconfig sonde sistemas de arquivos NTFS.

Configuração manual

Os usuários não precisam usar o grub2-mkconfig. O arquivo grub.cfg pode ser editado manualmente também.

Como muitos usuários tem experiência com o formato do GRUB Legacy, o exemplo a seguir mostra como escrever um arquivo de configuração do GRUB2 com base em informações de configuração do GRUB Legacy.

grub.conf (GRUB Legacy) grub.cfg (GRUB 2)
timeout 5


title Gentoo Linux 3.2.12
root (hd0,0)
kernel /boot/kernel-3.2.12-gentoo root=/dev/sda3

timeout=5


menuentry 'Gentoo Linux 3.2.12' {
root=hd0,1
linux /boot/kernel-3.2.12-gentoo root=/dev/sda3
}

Note
GRUB Legacy numbers partitions starting with 0; GRUB numbers partitions starting with 1. Both bootloaders number drives starting with 0.

Veja também

  • GRUB2 - o artigo 'cheio' do GRUB2 contém maiores informações e uma extensa lista de recursos.