Translations:Handbook:X86/Blocks/Kernel/2/pt-br

From Gentoo Wiki
Jump to:navigation Jump to:search


Configuração do kernel específica da arquitetura

Certifique-se de selecionar emulação de IA32 se programas de 32 bits devem ser suportados (CONFIG_IA32_EMULATION). O Gentoo instala um sistema multilib (computação mista de 32 e 64 bits) por padrão, assim a menos que um perfil não-multilib seja usado, esta opção é requerida.

KERNEL Selecionando o tipo de processador e seus recursos
Processor type and features  --->
   [ ] Machine Check / overheating reporting 
   [ ]   Intel MCE Features
   [ ]   AMD MCE Features
   Processor family (AMD-Opteron/Athlon64)  --->
      ( ) Opteron/Athlon64/Hammer/K8
      ( ) Intel P4 / older Netburst based Xeon
      ( ) Core 2/newer Xeon
      ( ) Intel Atom
      ( ) Generic-x86-64
Executable file formats / Emulations  --->
   [*] IA32 Emulation

Habilite o suporte a partições GPT se foram usadas anteriormente durante o particionamento de discos (CONFIG_PARTITION_ADVANCED and CONFIG_EFI_PARTITION):

KERNEL Habilite suporte a GPT
-*- Enable the block layer --->
   Partition Types --->
      [*] Advanced partition selection
      [*] EFI GUID Partition support

Habilite o suporte básico à EFI e variáveis EFI no kernel Linux se a UEFI for usada para inicializar o sistema (CONFIG_EFI, CONFIG_EFI_STUB, CONFIG_EFI_MIXED, and CONFIG_EFI_VARS):

KERNEL Habilitar suporte à UEFI
Processor type and features  --->
    [*] EFI runtime service support 
    [*]   EFI stub support
    [*]     EFI mixed-mode support
 
Firmware Drivers  --->
    EFI (Extensible Firmware Interface) Support  --->
        <*> EFI Variable Support via sysfs

Compilando e instalando

Com a configuração terminada, é hora de compilar e instalar o kernel. Saia da configuração e inicie o processo de compilação:

root #make && make modules_install
Nota
É possível habilitar a compilação em paralelo usando make -jX onde X é o número de tarefas paralelas que o processo de compilação é permitido disparar. Isso é similar às instruções anteriores sobre o /etc/portage/make.conf, sobre a variável MAKEOPTS.

Quando o kernel terminar de compilar, copie a imagem do kernel para /boot/. Isso é feito pelo comando make install.

root #make install

Isso irá copiar a imagem do kernel em /boot/ com o arquivo System.map e o arquivo de configuração do kernel.